Entelando com mylar - Parte 1

ENTELAGEM USANDO MYLAR (FILME DE POLIESTER) + COLA DE CONTATO - PARTE 1

Aprendi a aplicar entelagem usando mylar e cola de contato à mais de dois anos quando recebi do nosso amigo Alfredo uma amostra do material com 10 micros e desde aquela época venho fazendo testes e aprimorando minha técnica pois o trabalho é sim maior que quando utilizando termo-adesivos comerciais, mas o resultado é mais leve que estes e mais duradouro quando comparado ao clássico papel.
Vamos ver aqui a nova entelagem do estabilizador do meu Gafalhoto. Devo dizer que hoje em dia o mylar é a cobertura mais utilizada em estabilizadores de modelos de voo livre de competição, pois o travamento é excelente com minimo peso e com o máximo de durabilidade pois resiste melhor a furos e rasgos.

ACABAMENTO COM LIXA
Uso aqui uma lixa de pé, isso, lixa para calos de pé, que foi comprada em lojas de 1 Real, bastou cortar fora o cabo e ficou excelente pois já vem com lixa fina e grossa.
O estab pode ou não ser tratada com demãos de dope previamente para ficar mais firme pois a diferença é pouca com respeito à absorção da cola de contato pela balsa.
Quanto maior o capricho aqui, menos se notará falhas após terminada a entelagem.


CORTANDO O MYLAR
Laminas novas fazem toda diferença no acabamento do trabalho.
O Overlap (sobreposição) deve ser pouco maior que o usado em filmes termoretráteis comerciais, 4 a 6mm garante que a cola tenha area bastante para segurar bem o filme ao estica-lo.
O Mylar que uso aqui é nacional e tem 10 microns de espessura, ideal para esse tamanho de modelo. Note no video abaixo que prefiro cortar utilizando régua e esquadro garantindo maior exatidão nas peças para que após aplicados nao seja necessário refilar excessos, prática que percebi ser muito mais difícil quando usando mylar. Corto duas peças idênticas assumindo uma folga a ser deixada no BF.

Onde comprar:
Consegui fabricantes nacionais ( como a Prolam/MBSET) sempre somente prateado e transparente, porém existe o problema de compra mínima (geralmente 1 rolo de 40 kg) mas por sorte consegui uma amostra prata na empresa Carnaval Store.
video

FAZENDO MEU MISTURADOR
video

MISTURANDO COLA E REDUCOLA
Seja qual for a cola utilizada recomendo que seja comprado juntamente com o solvente recomendado pelo fabricante por motivos óbvios.
  • Cola de contato + Abridor de lata
  • Redutor para cola de contato + Aplicador/dosador ( eu uso uma seringa de vidro)
  • Frasco plástico ou de vidro com tampa
  • Misturador
IMPORTANTE - Se usarem plástico em qualquer dos itens acima, certifiquem-se antes que o plastico não seja derretido pela cola e/ou seu redutor.

Sobre a consistência da solução, recomendo que sejam feitos testes prévios para que ela não fique nem muito grossa, fazendo com que a superfície da balsa com cola aplicada fique alta ou ondulada ou que após aplicado o mylar fique com imperfeições visíveis, nem muito fina fazendo com que seja necessário várias demãos de cola para que o mylar cole bem, comece com razão de 1:1 e vá aprimorando-a à medida que usa. Em dias quentes é normal começar o trabalho com uma consistência e terminar com outra pois a evaporação destes produtos é grande, as vezes fazendo-se necessário diluir varias vezes ao longo do trabalho, por isso a tampa do frasco é importante.


BONECA PARA APLICAÇÃO DA COLA
Utilizando uma pinça, um elástico e um pedaço de espuma faço bonecas para aplicação de cola, dope, tinta etc, posso variar sua forma, densidade (espuma dobrada), tamanho e o mais legal de tudo, é de graça =]
video

APLICANDO COLA E COLANDO O MYLAR
Começando pelo intradorso teremos o acabamento melhor na parte superior do estab.
Nessa parte evite ao máximo o excesso de cola nas junções da balsa, passe somente ao redor da estrutura, a menos que você queira que o filme cole em cada nervura (perfil under).
Passo também cola no extradorso e, todos os locais onde quero que o filme cole.
Se o dia está seco, não é absolutamente necessário esperar que a cola seque, pois com ela mole você poderá fazer acertos procurando esticar ao máximo o filme tirando todas as rugas.
Onde falta cola, basta aplicar mais.Onde a cola secou e o filme ficou enrugado, descole e cole novamente.
Importante esticar ao máximo o filme ao aplica-lo pois ele encolhe menos que outros produtos comerciais, mas se ficar alguma ondulação não se importe pois com o calor esses pequenos defeitos serão eliminados.
video

+ INFO

Uma tabela de pesos retirado do site Free Flight Supplies
  • 2 microns só transparente (1/10mil) - 2.4 g/m2
  • 5 microns transparente (1/4mil) - 6.8 g/m2
  • 5 microns aluminizado (1/4mil) - 6.8 g/m2
  • 10 microns transparente (1/2mil)- 13.6 g/m2
  • 10 microns aluminizado (1/2mil)- 13.6 g/m2
  • 15 microns transparente (3/4mil)- 20.4 g/m2
  • 15 microns aluminizado (3/4mil)- 20.4 g/m2

7 comentários:

  1. E no Millar, não é necessário passar cola tambem??

    ResponderExcluir
  2. Hola, no es necesario poner pegamento en el Mylar.

    Eduardo a donde puedo conseguir mylar de 5 microns transparente, veo que tu lo consigues en rollos y viene sin pliegues ni marcas.
    Saludos y muy lindo y completo el blog.

    ResponderExcluir
  3. El mylar de 5 microns transparente se encuentra en negocios en USA y Europa. Acá en Brasil solamente pude encontrar espesor 10 y arriba.
    Gracias,
    Eduardo Yamin

    ResponderExcluir
  4. Olá! Eduardo, parabéns por essa construtiva iniciativa em compartilhar com aeromodelistas suas técnicas e dicas! Valeu!
    Não entendo nada ainda sobre Mylar(2 microns) e Microlite(5 microns). Um colega aeromodelista nos EUA me recomendou a loja online HomeFly que comercializa o Mylar, o Microlite e outros produtos: http://www.homefly.com/products.asp?id=31&pg=1
    Eduardo, gostaria de fazer algumas perguntas se possível, OK?
    1)A cola de contato seca(cura) em quanto tempo ao ser aplicada no modelo? O redutor é uma espécie de catalisador?
    2)O Mylar após colado aplica-se ferro quente ou soprador térmico(secador) para esticar(como monokote)?
    3)Estou montando um kit elástico p/ convertê-lo em RC elétrico(Piper J3 61cm envergadura). Quanto mais leve melhor! Será que eu entelar o modelo com Monokote pode tornar o modelo muito pesado? Você chegou a fazer alguma comparação de peso entre o Mylar e Monokote?
    Agradeço!
    Aero2k4

    ResponderExcluir
  5. Olá Aero2k4,

    A dificuldade no processo está justamente em conseguir uma correta diluição da cola de contato pelo diluidor (A Reducola serve para diluir ou "afinar" a cola de contato) nas minhas brincadeiras consegui aplicar o milar logo depois que a cola começasse a secar, dá pra sacar quando isso acontece pois ela fica com a superfície esbranquiçada, é muito mais o caso de ir fazendo experiências e testando até conseguir um bom resultado. Espero ter ajudado.

    Bons voos a todos.

    ResponderExcluir
  6. Nada de monokote em modelos pequenos! por vários motivos, os que me vêm à cabeça agora são:
    1 - a estrutura não está planejada para aguentar a contração do monokote e pode empenar facilmente ou implodir.
    2 - O peso irá prejudicar muito a qualidade de voo do modelo. È uma boa forma de "enterrar" um modelo depois de pronto mesmo quando a preocupação com performance não é grande.
    Tem várias tabelas na web comparando pesos de entelagens p.ex.http://www.modelflight.com/weight.html veja se ajuda.
    O problema para cobrir modelos pequenos é que aqui no brasil só se importa material "comum" para modelos "comuns" ou seja grandes. Não tem jeito, quando você é minoria tem que apelar para métodos pouco convencionais ou importar material + técnica necessária para garantir alguma qualidade.

    ResponderExcluir
  7. Eduardo! Obrigado pelas dicas!
    Não tinha pensado sobre usar monokote e comprometer a estrutura! É! Eu preciso tomar muito cuidado!
    Favor, Eduardo, gostaria de fazer mais perguntas, OK?
    1) Até hoje só usei monokote em modelos VCC e RC; jamais entelei um mini modelo de 60cm de env. Quais desses são "mais fáceis"("menos trabalhoso") de se trabalhar e recomendável em mini modelos? O mylar(2microns) ou o Microlite(5 microns)?
    2) Sobre os tipos de mylar do site www.homefly.com
    Os tipos de mylar, ambos 2 microns, pergunto: 2um thick clear mylar(transparente) tem muita diferença com o 2um thick aluminized mylar(metalizado) para se usar na estrutura de modelos a elástico(piper J3 cub) convertido a RC eletrico?
    3) Se eu usar a folha 5um MicroLite? O comprometimento do peso é muito pouco perceptível em relação ao mylar?
    4) Tanto o mylar quanto o Microlite são termoretráteis? Em ambos tenho que usar a solução Reducola ante de aplicar o calor?
    Agradeço
    Aero2k4

    ResponderExcluir