8 Regrinhas basicas para TOP PGI


Ontem estivemos falando por skype com Edgardo Figueroa que nos passou umas regrinhas básicas dos TOP PGI:

1 - T.L. passa pelo CG total. Soluções que podem/devem ser utilizadas para baixar o CG: cabana/montante da asa o mais baixo possível, estab.  15 ou 20mm abaixo do datus line da fuselagem.

2 - Diedro: mínimo cada semiasa: 12% da env.

3 - Asa: Painéis internos com 60% da env. da semia-asa e exterior com 40%

4 - Diâmetro hélice em relação à env.: Modelo peq.38% médio 40% Grande 42%

5 - Momento de cauda (do B.F. da asa até o B.A. do estab):1/2 env. + 50mm

6 - Estabilizador:  não menor que 2,7dm2 e A.R. estab. entre 3,7 y 4 máximo. B.A. arredondado e perfil com baixo coeficiente de lift.

7 - Leme: Área entre 70 e 100cm2.
Se na saída se faz necessário mais de 3º à esquerda, significa que a área de leme é pequena.

8 - CG ótimizado a partir da decalagem (nunca > que 2,5º):
 - Modelo calma (ou grande, p.ex. 1,2m) - 1º mínimo. Voa em calma absoluta por isso pode ter < M.E.E.
 - Modelo médio e modelo pequeno (90cm): entre 2º e 2,5º

Nenhum comentário:

Postar um comentário